Café : Safra global 2018/19 deve ter superávit, após déficit em 2017/18 – 05/02/2018

Porto Alegre, 05 de fevereiro de 2018 – A oferta global de café passará para um superávit na safra 2018/19, com o Brasil, maior produtor mundial, a caminho de uma colheita recorde, mas os preços devem subir ligeiramente no final do ano à medida que os países reabastecerem seus estoques, segundo uma pesquisa da Reuters com 14 operadores e analistas.

Os futuros do arábica tendem a avançar em 6,5% até o término de 2018, em comparação com o fim de 2017, enquanto o robusta deverá subir 4,8%.

A mediana das previsões aponta para um déficit de 3,15 milhões de sacas de 60 kg na oferta de café em 2017/18 (outubro a setembro) e para um excedente de 4 milhões de sacas em 2018/19.

Tal previsão é em grande parte puxada pelas expectativas de que o Brasil produzirá um recorde de quase 60 milhões de sacas neste ano, sendo 44 milhões de arábica e 16 milhões de robusta, conforme a média das estimativas da pesquisa.

As projeções variam de um total de 55 milhões a 65 milhões de sacas para a safra do Brasil. A estatal Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê que o país produzirá de 54,44 milhões a 58,51 milhões de sacas em 2018, o que seria um recorde.

Já a safra de café 2019/20 do Brasil foi estimada em 54 milhões de sacas, sendo 39 milhões de arábica e 15 milhões de robusta.

O Vietnã, maior produtor mundial de robusta, deve colher 28,5 milhões de sacas em 2017/18, com estimativas indo de 27 milhões a 30 milhões de sacas.

Os preços spot do café arábica foram previstos na pesquisa para encerrar o primeiro trimestre de 2018 em 1,25 dólar por libra-peso, queda de 1% frente ao fechamento de 2017. As cotações devem encerrar 2018, por sua vez, em 1,344 dólar por libra-peso, alta de 6,5% em relação ao término de 2017, com estimativas que variam de 1 dólar a 1,85 dólar.

“O mercado se concentrará em um grande déficit em 2019/20 devido às bienalidades negativas e ao reduzido cultivo em todo o mundo, dados os preços baixos”, disse um comerciante, referindo-se ao ciclo natural do café, que alterna anos de alta e baixa produção.

Os preços do segundo contrato do robusta na ICE foram estimados para terminar o primeiro trimestre em 1.750 dólares por tonelada e o ano em 1.800 dólares, ante 1.718 dólares no fim de 2017.

A notícia parte da Reuters.

Fonte : Safras & Mercado

0 comentário(s)

Escreva um comentário:

Nome:
E-mail:
Site: (opcional)
Comentário:

Outros artigosIr para página inicial

Café : Clima : Seca acende alerta para safras de cana e café do Brasil em 2019 – 20/07/2018

Café : Clima : Seca acende alerta para safras de cana e café do Brasil em 2019 – 20/07/2018(0)

Por José Roberto Gomes SÃO PAULO, 20 Jul (Reuters) – A severa estiagem no centro-sul do Brasil, que vem desde o outono, acendeu o sinal de alerta para as safras de café e cana do próximo ano, uma vez que tais culturas tendem a chegar ao período úmido, a partir de setembro, sem muita margem

Café : Safras & Mercado estima colheita 2018/19 no Brasil em 61% até 17/julho – 20/07/2018

Café : Safras & Mercado estima colheita 2018/19 no Brasil em 61% até 17/julho – 20/07/2018(0)

Porto Alegre, 19 de julho de 2018 – A colheita de café da safra brasileira 2018/19 foi indicada em 61% até 17 de julho. O número faz parte do  levantamento semanal de SAFRAS & Mercado para a evolução da colheita da safra. A colheita segue atrasada, mas diminuiu o atraso em relação às semanas anteriores.

Café : Colheita alcança 35% no cerrado de MG, em ritmo normal – 20/07/2018

Café : Colheita alcança 35% no cerrado de MG, em ritmo normal – 20/07/2018(0)

Porto Alegre, 19 de julho de 2018 – A colheita de café da safra 2018/19 no cerrado mineiro está em torno de 35% do total. Depois de um começo mais lento, com atraso em função de chuvas, a colheita está dentro da normalidade para o período. A avaliação é do presidente da Federação dos Cafeicultores

Café : Mercado em NY acompanha clima e colheita no Brasil – 19/07/2018

Café : Mercado em NY acompanha clima e colheita no Brasil – 19/07/2018(0)

São Paulo, 19/07/2018 – O mercado futuro de café arábica registrou queda ontem na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), na ausência de novidades nos fundamentos. Os contratos voltaram a se aproximar do suporte de 106,90 cents (mínima de 6 de julho). O contrato com vencimento em julho/18 tem seu último dia de negociação

Café : Café brasileiro é um dos dez mais baratos do mundo – 18/07/2018

Café : Café brasileiro é um dos dez mais baratos do mundo – 18/07/2018(0)

Porto Alegre, 18 de julho de 2018 – Uma pesquisa do banco suíço UBS sobre o custo de vida em 77 cidades constatou que o cafezinho paulistano está entre os dez mais baratos do mundo. Com cada xícara custando US$ 1,5 (R$ 5,76), em média, a tradicional bebida brasileira ainda sai mais cara do que



Cotações - Café, Dólar, Índices


  Café NY
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2018
-
-
105.25
Setembro/2018
-
-
110.65
Dezembro/2018
-
-
114.05
Março/2019
-
-
117.70
Maio/2019
-
-
120.15
 
  Café BMF
Ativo
Último
Var.
Fech.
Setembro/2018
131.10
-0.10
131.20
Dezembro/2018
133.20
-0.30
133.50
Setembro/2019
143.00
-1.70
144.95
Dezembro/2019
148.15
+0.95
148.15
 
  Café Londres Robusta
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2018
-
-
1782
Setembro/2018
-
-
1683
Novembro / 2018
-
-
1673
Janeiro/2019
-
-
1675
Março/2019
-
-
1684
 
  Dólar
Ativo
Último
Var.
Fech.
Comercial
-
-
3.7740
Paralelo
-
-
3.9500
Turismo
-
-
3.9400
PTAX800
-
-
3.77870
PTAX850
-
-
3.77930
 
  Dólar Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2018
NA
NA
NA
Agosto/2018
-
-
3773.500
 
  Índice Bovespa Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Agosto/2018
-
-
78610
 


Início

Copyright © 2000 - 2014 - Café da Terra. Todos os direitos reservados.