Café : Safra global 2018/19 deve ter superávit, após déficit em 2017/18 – 05/02/2018

Porto Alegre, 05 de fevereiro de 2018 – A oferta global de café passará para um superávit na safra 2018/19, com o Brasil, maior produtor mundial, a caminho de uma colheita recorde, mas os preços devem subir ligeiramente no final do ano à medida que os países reabastecerem seus estoques, segundo uma pesquisa da Reuters com 14 operadores e analistas.

Os futuros do arábica tendem a avançar em 6,5% até o término de 2018, em comparação com o fim de 2017, enquanto o robusta deverá subir 4,8%.

A mediana das previsões aponta para um déficit de 3,15 milhões de sacas de 60 kg na oferta de café em 2017/18 (outubro a setembro) e para um excedente de 4 milhões de sacas em 2018/19.

Tal previsão é em grande parte puxada pelas expectativas de que o Brasil produzirá um recorde de quase 60 milhões de sacas neste ano, sendo 44 milhões de arábica e 16 milhões de robusta, conforme a média das estimativas da pesquisa.

As projeções variam de um total de 55 milhões a 65 milhões de sacas para a safra do Brasil. A estatal Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê que o país produzirá de 54,44 milhões a 58,51 milhões de sacas em 2018, o que seria um recorde.

Já a safra de café 2019/20 do Brasil foi estimada em 54 milhões de sacas, sendo 39 milhões de arábica e 15 milhões de robusta.

O Vietnã, maior produtor mundial de robusta, deve colher 28,5 milhões de sacas em 2017/18, com estimativas indo de 27 milhões a 30 milhões de sacas.

Os preços spot do café arábica foram previstos na pesquisa para encerrar o primeiro trimestre de 2018 em 1,25 dólar por libra-peso, queda de 1% frente ao fechamento de 2017. As cotações devem encerrar 2018, por sua vez, em 1,344 dólar por libra-peso, alta de 6,5% em relação ao término de 2017, com estimativas que variam de 1 dólar a 1,85 dólar.

“O mercado se concentrará em um grande déficit em 2019/20 devido às bienalidades negativas e ao reduzido cultivo em todo o mundo, dados os preços baixos”, disse um comerciante, referindo-se ao ciclo natural do café, que alterna anos de alta e baixa produção.

Os preços do segundo contrato do robusta na ICE foram estimados para terminar o primeiro trimestre em 1.750 dólares por tonelada e o ano em 1.800 dólares, ante 1.718 dólares no fim de 2017.

A notícia parte da Reuters.

Fonte : Safras & Mercado

0 comentário(s)

Escreva um comentário:

Nome:
E-mail:
Site: (opcional)
Comentário:

Outros artigosIr para página inicial

Café : Semana : Safras & Mercado aponta comercialização 2018/19 de café do Brasil em 68% – 18/01/2019

Café : Semana : Safras & Mercado aponta comercialização 2018/19 de café do Brasil em 68% – 18/01/2019(0)

Porto Alegre, 18 de janeiro de 2019 – A comercialização da safra de café do Brasil 2018/19 (julho/junho) chegou a 68% até o dia 14 de janeiro. O dado faz parte de levantamento de SAFRAS & Mercado. No último mês, a comercialização avançou em quatro pontos percentuais. As vendas estão atrasadas em relação ao ano

Café : NY deve continuar dentro de intervalo , com baixa volatilidade – 18/01/2019

Café : NY deve continuar dentro de intervalo , com baixa volatilidade – 18/01/2019(0)

São Paulo, 18/01/2019 – Os contratos futuros de café arábica tiveram movimento lateral ontem na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado tem respeitado o suporte de 100 centavos de dólar por libra-peso e encontra dificuldades para avançar acima de 105 cents. A ICE Futures US não vai abrir na segunda-feira, por causa

Café : Produção no Brasil deve cair em 2019 devido ao fenômeno bianual-Conab – 17/01/2019

Café : Produção no Brasil deve cair em 2019 devido ao fenômeno bianual-Conab – 17/01/2019(0)

Porto Alegre, 17 de janeiro de 2019 – A produção de café no Brasil deve  reduzir este ano, sinalizando ficar entre 50,48 e 54,48 milhões de sacas beneficiadas, devido a influência da bienalidade negativa nos cafezais, processo natural em que a planta se recupera do maior direcionamento de energia para a frutificação na safra passada,

Café : Bolsa de Nova York encerra sessão desta 4ª com alta de cerca de 100 pts após quedas recentes – 17/01/2019

Café : Bolsa de Nova York encerra sessão desta 4ª com alta de cerca de 100 pts após quedas recentes – 17/01/2019(0)

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) encerraram a sessão desta quarta-feira (16) com alta de cerca de 100 pontos. O mercado passou por ajustes técnicos depois de quatro sessões de queda. O câmbio contribuiu para os ganhos. O vencimento março/19 fechou o dia com alta de 110

Café : Produção elevada em 2019/20 pode manter preço em menor patamar – 16/01/2019

Café : Produção elevada em 2019/20 pode manter preço em menor patamar – 16/01/2019(0)

Após registrar produção recorde na temporada 2018/19, o Brasil deve colher uma boa safra em 2019/20, conforme indicam pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. Apesar da bienalidade negativa em grande parte dos cafezais de arábica nesta temporada, o clima tem favorecido o desenvolvimento das lavouras, o que pode elevar



Cotações - Café, Dólar, Índices


  Café NY
Ativo
Último
Var.
Fech.
Março/2019
-
-
104.95
Maio/2019
-
-
108.05
Julho/2019
-
-
110.75
Setembro/2019
-
-
113.45
 
  Café BMF
Ativo
Último
Var.
Fech.
Março/2019
126.50
-0.45
126.95
Setembro/2019
133.55
Dezembro/2019
136.95
 
  Café Londres Robusta
Ativo
Último
Var.
Fech.
Janeiro/2019
-
-
1525
Março/2019
-
-
1544
Maio/2019
-
-
1565
Julho/2019
-
-
1582
 
  Dólar
Ativo
Último
Var.
Fech.
Comercial
-
-
3.7580
Paralelo
-
-
3.9200
Turismo
-
-
3.9100
PTAX800
-
-
3.74800
PTAX850
-
-
3.74860
 
  Dólar Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Fevereiro/2019
-
-
3754.500
Março/2019
-
-
3759.000
 
  Índice Bovespa Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Fevereiro/2019
-
-
96280
 


Início

Copyright © 2000 - 2014 - Café da Terra. Todos os direitos reservados.