Café : Safra global 2018/19 deve ter superávit, após déficit em 2017/18 – 05/02/2018

Porto Alegre, 05 de fevereiro de 2018 – A oferta global de café passará para um superávit na safra 2018/19, com o Brasil, maior produtor mundial, a caminho de uma colheita recorde, mas os preços devem subir ligeiramente no final do ano à medida que os países reabastecerem seus estoques, segundo uma pesquisa da Reuters com 14 operadores e analistas.

Os futuros do arábica tendem a avançar em 6,5% até o término de 2018, em comparação com o fim de 2017, enquanto o robusta deverá subir 4,8%.

A mediana das previsões aponta para um déficit de 3,15 milhões de sacas de 60 kg na oferta de café em 2017/18 (outubro a setembro) e para um excedente de 4 milhões de sacas em 2018/19.

Tal previsão é em grande parte puxada pelas expectativas de que o Brasil produzirá um recorde de quase 60 milhões de sacas neste ano, sendo 44 milhões de arábica e 16 milhões de robusta, conforme a média das estimativas da pesquisa.

As projeções variam de um total de 55 milhões a 65 milhões de sacas para a safra do Brasil. A estatal Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê que o país produzirá de 54,44 milhões a 58,51 milhões de sacas em 2018, o que seria um recorde.

Já a safra de café 2019/20 do Brasil foi estimada em 54 milhões de sacas, sendo 39 milhões de arábica e 15 milhões de robusta.

O Vietnã, maior produtor mundial de robusta, deve colher 28,5 milhões de sacas em 2017/18, com estimativas indo de 27 milhões a 30 milhões de sacas.

Os preços spot do café arábica foram previstos na pesquisa para encerrar o primeiro trimestre de 2018 em 1,25 dólar por libra-peso, queda de 1% frente ao fechamento de 2017. As cotações devem encerrar 2018, por sua vez, em 1,344 dólar por libra-peso, alta de 6,5% em relação ao término de 2017, com estimativas que variam de 1 dólar a 1,85 dólar.

“O mercado se concentrará em um grande déficit em 2019/20 devido às bienalidades negativas e ao reduzido cultivo em todo o mundo, dados os preços baixos”, disse um comerciante, referindo-se ao ciclo natural do café, que alterna anos de alta e baixa produção.

Os preços do segundo contrato do robusta na ICE foram estimados para terminar o primeiro trimestre em 1.750 dólares por tonelada e o ano em 1.800 dólares, ante 1.718 dólares no fim de 2017.

A notícia parte da Reuters.

Fonte : Safras & Mercado

0 comentário(s)

Escreva um comentário:

Nome:
E-mail:
Site: (opcional)
Comentário:

Outros artigosIr para página inicial

Café : Europa consome 52 mi scs por ano, 32% do consumo mundial – 20/11/2018

Café : Europa consome 52 mi scs por ano, 32% do consumo mundial – 20/11/2018(0)

Porto Alegre, 19 de novembro de 2018 – O consumo mundial de café em 2017 foi estimado em 162,232 milhões de sacas, volume que representa crescimento de 1,8% em relação a 2016, o qual foi de 159,392 milhões de sacas de 60kg. A Europa, que é o maior bloco consumidor de café em nível mundial,

Café : Exportações chegam a 2,090 mi sacas em novembro – Secex – 19/11/2018

Café : Exportações chegam a 2,090 mi sacas em novembro – Secex – 19/11/2018(0)

Porto Alegre, 19 de novembro de 2018 – As exportações brasileiras de café em grão em novembro, até o dia 18, com 10 dias úteis contabilizados, foram de 2.090.400 sacas de 60 quilos, com receita de US$ 265,4 milhões e um preço médio de US$ 126,90 por saca. Como comparação, em outubro de 2018, as

Café : Consultor de SAFRAS & MERCADO aponta manutenção de cenário fundamental fraco – 19/11/2018

Café : Consultor de SAFRAS & MERCADO aponta manutenção de cenário fundamental fraco – 19/11/2018(0)

Porto Alegre, 19 de novembro de 2018 – Os fundamentos seguem fracos no mercado internacional do café. A avaliação é do consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach. A ampla oferta global, com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reavaliando a safra brasileira de 2018/19 para 63,5  milhões de sacas, o “fluxo crescente

Café : Semana : Exportações brasileiras de café já atingem 1,5 mi scs em novembro – 16/11/2018

Café : Semana : Exportações brasileiras de café já atingem 1,5 mi scs em novembro – 16/11/2018(0)

Porto Alegre, 16 de novembro de 2018 – As exportações brasileiras de café seguiram em forte ritmo nesta primeira metade de novembro. Depois do recorde alcançado em outubro, o país caminha para mais um fechamento mensal bem acima das 3 milhões de sacas. Os embarques de café em grão em novembro, até o dia 11,

Café : Contratos em NY podem descer abaixo de 113 cents no contrato março 2019 – 13/11/2018

Café : Contratos em NY podem descer abaixo de 113 cents no contrato março 2019 – 13/11/2018(0)

São Paulo, 13/11/2018 – Os contratos futuros de café arábica registraram perdas no pregão de ontem da Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado deve continuar enfraquecido pelas rolagens de posição, indicadores técnicos, entre outros fatores. O diretor da exportadora Comexim nos Estados Unidos, Rodrigo Costa, informa em relatório semanal que “um dos



Cotações - Café, Dólar, Índices


  Café NY
Ativo
Último
Var.
Fech.
Dezembro/2018
110.65
-1.70
112.35
Março/2019
114.90
-1.75
116.65
Maio/2019
117.75
-1.70
119.45
Julho/2019
120.40
-1.70
122.10
Setembro/2018
123.00
-1.65
124.65
 
  Café BMF
Ativo
Último
Var.
Fech.
Março/2019
136.10
Dezembro/2018
132.00
Setembro/2019
142.35
Dezembro/2019
147.65
 
  Café Londres Robusta
Ativo
Último
Var.
Fech.
Novembro / 2018
1599
-10
1609
Janeiro/2019
1625
-7
1632
Março/2019
1637
-7
1644
Maio/2019
1651
-6
1657
Julho/2019
1665
-5
1670
 
  Dólar
Ativo
Último
Var.
Fech.
Comercial
3.7591
-0.0049
3.7640
Paralelo
3.9200
-0.0100
3.9300
Turismo
3.9100
-0.0100
3.9200
PTAX800
3.75740
+0.00000
3.75470
PTAX850
3.75910
+0.00380
3.75530
 
  Dólar Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Novembro/2018
NA
NA
NA
Dezembro/2018
3759.000
 
  Índice Bovespa Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Outubro/2018
NA
NA
NA
 


Início

Copyright © 2000 - 2014 - Café da Terra. Todos os direitos reservados.