Café : NY avança pelo segundo dia seguido e mantém recuperação – 08/02/2018

São Paulo, 08/02/2018 – Os contratos futuros de café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) voltaram a subir ontem, pelo segundo pregão consecutivo, em meio à baixa volatilidade. Participantes aguardam agora se o movimento de recuperação terá forças para levar o grão a romper resistências importantes.

A resistência mais próxima está em 123,90 (máxima de ontem) e nos 125 pontos, nível que pode incentivar recompra de posições por parte dos fundos de investimento, que estão bastante vendidos. No outro lado, os suportes para o vencimento março estão em 120 cents, 119,60 cents e 118,30 cents.

O dólar continua avançando no mercado internacional e, caso persista, pode impedir uma recuperação consistente. A valorização da divisa ante o real estimula as exportações do Brasil, o que eleva a oferta e tem efeito baixista sobre os preços.

A moeda norte-americana subiu ontem depois que líderes republicanos e democratas no Senado dos Estados Unidos anunciaram um acordo orçamentário, que estende o financiamento ao governo em dois anos, sem o qual o governo de Donald Trump poderia paralisar. No mercado interno, o dólar acompanhou o movimento do Exterior. A divisa terminou a sessão de negócios cotada a R$ 3,2747 no mercado à vista, em alta de 0,98%.

As operações de rolagem dos contratos de café em Nova York, para fora do vencimento março/18, se intensificam nesta semana. O início do período de notificação de entrega começa em 20 de fevereiro. De terça-feira (6) para ontem, os lotes no março/18 recuaram de 103.083 para 93.890 contratos. Enquanto isso, em igual período, o número de contratos em aberto no maio/18 saltaram de 78.834 para 84.663 contratos.

Ontem, o mercado trabalhou em alta em boa parte do pregão, sustentado por compras de oportunidade, mas com pouca volatilidade (variação de apenas 130 pontos). O vencimento março subiu 45 pontos (0,37%), para 123,30 centavos de dólar por libra-peso. A máxima do dia ficou em 123,90 cents (mais 105 pontos ante o fechamento anterior) e a mínima, 122,60 cents (menos 25 pontos).

Entre outras notícias, a Organização Internacional do Café (OIC) informou ontem que a produção mundial do grão em 2017/18 está estimada em 158,93 milhões de sacas de 60 kg, o que representa pequeno aumento de 0,8% em comparação com o período anterior (157,69 milhões de sacas). A participação do café arábica no total da produção é de 62,2% em comparação com 64,8% em 2016/17. Já a participação de robusta representou 35,2% da produção mundial em 2016/17 e 37,8% em 2017/18.

A Somar Meteorologia informou que áreas de instabilidade, formadas a mais de 10 km de altura, ainda mantêm as condições para chuva entre o norte paulista e os demais Estados do Sudeste amanhã. Os maiores volumes de água ocorrem mais ao sul, Triângulo e oeste mineiro. Em contrapartida, na metade sul (como a região de Campinas) e litoral de São Paulo, a massa de ar mais seco continua predominando e deixando o tempo ensolarado.

Os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP) informam que os futuros de arábica trabalharam perto da estabilidade ontem, sustentando os preços do grão no mercado físico. Apesar de muitos produtores continuarem retraídos, a alta do dólar permitiu o fechamento de alguns negócios. O Indicador Cepea/Esalq do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, encerrou a R$ 442,33/saca de 60 kg, praticamente estável (-0,08%) na comparação com a terça-feira, 6.

Agentes continuam retraídos e os negócios, calmos, no mercado de robusta. O Indicador Cepea/Esalq do tipo 6, peneira 13 acima, fechou a R$ 320,18/saca de 60 kg, elevação de 0,6% em relação ao dia anterior. Para o tipo 7/8, bica corrida, a média ficou em R$ 310,76/saca de 60 kg, queda de 0,6% no mesmo comparativo – ambos à vista e a retirar no Espírito Santo.

Fonte : Agência Estado/Broadcast

0 comentário(s)

Escreva um comentário:

Nome:
E-mail:
Site: (opcional)
Comentário:

Outros artigosIr para página inicial

Café : Concorrência no café se acirra e empresas médias buscam diferencial – 22/06/2018

Café : Concorrência no café se acirra e empresas médias buscam diferencial – 22/06/2018(0)

Diante de um mercado com concorrência cada vez mais acirrada — sobretudo por causa do avanço de grandes empresas —,  as companhias médias de café do país, que têm atuação mais regional, apostam em serviços e inovações para continuar a crescer. Isso também tem permitido que resistam ao assédio das grandes, que  nos últimos anos

Café : Semana : Comercialização de café do Brasil 2018/19 atinge 24% – 22/06/2018

Café : Semana : Comercialização de café do Brasil 2018/19 atinge 24% – 22/06/2018(0)

Porto Alegre, 22 de junho de 2018 – A comercialização da safra de café do Brasil 2018/19 (julho/junho) chegou a 24% até o dia 18 de junho. O dado faz parte de levantamento de SAFRAS & Mercado. No último mês, a comercialização avançou em nove pontos percentuais. As vendas estão avançadas em relação ao ano,

Agronegócio : Tecnologias focadas na nutrição do solo ganham destaque na Hortitec – 21/06/2018

Agronegócio : Tecnologias focadas na nutrição do solo ganham destaque na Hortitec – 21/06/2018(0)

Tendências de mercado, soluções à base de aminoácidos facilitam aproveitamento de nutrientes e equilíbrio biológico Será apresentada durante a Hortitec, exposição técnica de horticultura, que ocorre entre os dias 20 e 22 de junho, em Holambra (SP), a Linha Solo desenvolvida pela Alltech Crop Science, que tem como objetivo melhorar as condições para o desenvolvimento

Café : Região do Cerrado Mineiro participa da World of Coffee em Amsterdam – 21/06/2018

Café : Região do Cerrado Mineiro participa da World of Coffee em Amsterdam – 21/06/2018(0)

Mais uma vez a Federação dos Cafeicultores do Cerrado leva a Região do Cerrado Mineiro para expor sua origem e seus cafés para o mercado europeu, desta vez na World of Coffee que acontece em Amsterdam, Holanda. O evento é organizado pela SCA – Associação de Cafés Especiais e reúne milhares de visitantes na maior

Café : Mercado em Nova York deve manter inclinação baixista – 21/06/2018

Café : Mercado em Nova York deve manter inclinação baixista – 21/06/2018(0)

São Paulo, 21/06/2018 – O mercado futuro de café arábica subiu ontem na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), interrompendo uma sequência de cinco pregões consecutivos de queda. Os contratos se afastaram do suporte de 115,30 centavos de dólar por libra-peso, mas devem continuar pressionados pelo avanço da colheita no Brasil. O fim das



Cotações - Café, Dólar, Índices


  Café NY
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2018
113.85
Setembro/2018
116.95
Dezembro/2018
120.35
Março/2019
123.90
Maio/2019
126.30
 
  Café BMF
Ativo
Último
Var.
Fech.
Setembro/2018
136.50
-0.25
136.75
Dezembro/2018
140.50
+0.25
140.50
Setembro/2019
161.75
+3.00
152.55
Dezembro/2019
157.50
+0.95
156.45
 
  Café Londres Robusta
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2018
1724
Setembro/2018
1705
Novembro / 2018
1702
Janeiro/2019
1707
Março/2019
1716
 
  Dólar
Ativo
Último
Var.
Fech.
Comercial
3.7840
Paralelo
3.9200
Turismo
3.9200
PTAX800
3.76570
PTAX850
3.76630
 
  Dólar Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2018
3786.000
Agosto/2018
3781.500
 
  Índice Bovespa Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Agosto/2018
70980
 


Início

Copyright © 2000 - 2014 - Café da Terra. Todos os direitos reservados.