Café : Mercado em Nova York deve continuar pressionado – 17/11/2016

São Paulo, 17/11/2016 – Os contratos futuros de café arábica perderam força na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), desde a confirmação da eleição do republicano Donald Trump para presidência dos Estados Unidos. O fortalecimento do dólar em relação a outras moedas empurrou para baixo as cotações de ativos de risco, como as commodities cotadas na divisa norte-americana.

Nos últimos sete dias, os futuros de arábica tiveram queda de cerca de 3,5%, enquanto o real, à vista, teve desvalorização de perto de 8,5% no período. “As commodities como um todo sofreram perdas entre a troca de investimentos, que beneficiou o mercado acionário”, informa o diretor de Commodities do Banco Société Générale, Rodrigo Costa, em relatório semanal.

Ontem o dólar perdeu força em relação ao real, graças à intervenção do Banco Central, que ofertou R$ 1,5 bilhão em swap cambial tradicional (equivalente à venda no mercado futuro). No exterior, a moeda norte-americana também reduziu ganhos, com indicadores econômicos fracos nos EUA. O Índice de Preços ao Produtor (PPI) ficou estável em outubro ante setembro no país, ante previsão de alta de 0,3% dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

Costa acrescenta que os contratos estão tecnicamente negativos. O contrato com vencimento em março/17 rompeu importantes níveis de suporte, mas ainda se mantém sustentado no longo prazo, segundo o Société Générale. O mercado pode indicar direção negativa se trabalhar abaixo de 157 cents e 147,15 cents. No lado da resistência, um movimento acima de 167,15 cents pode impulsionar as cotações para 169,80 cents, 171,80 cents, 175,50 cents e 179,55 cents.

Na Bolsa de Londres (ICE Futures Europe), o contrato com vencimento em janeiro/17 tem resistência a 2.110 dólares, seguida de 2.152 dólares e 2.199 dólares a tonelada.

Os fundos de investimento, por sua vez, continuam carregando elevado saldo líquido comprado e, aparentemente, não devem se desfazer totalmente dessa posição. Esses participantes estavam com saldo líquido comprado recorde de 58.960 lotes no dia 8 de novembro, ante 55.917 lotes no dia 1º, considerando futuros e opções, mostrou na segunda-feira relatório da Comissão de Comércio de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês).

As rolagens de posição vão se encerrando, antes do início do período de notificação de entrega do contrato dezembro/16, a partir da segunda-feira (21). Na terça-feira passada (dado mais recente), o contrato com vencimento em março/17 tinha 113.031 lotes em aberto, enquanto dezembro/16 tinha em aberto apenas 15.408 lotes, para um total geral de 204.830 lotes.

Chuvas volumosas atingem as lavouras de café do Brasil nesta semana. Segundo a Climatempo, temperaturas elevadas e a disponibilidade de umidade, bem como instabilidades propagadas por um sistema de baixa pressão em superfície, propiciam chuvas recorrentes, de moderadas a fortes, na maior parte de Minas, até amanhã (18). O volume acumulado oscila de 100 mm a 150 mm, atingindo até 200 mm em pontos isolados da Zona da Mata, prevê a Climatempo.

O Itaú Unibanco elevou as projeções de preços do café de 150 cents para 170 cents por libra-peso ao fim de 2017, “reconhecendo que os preços mais altos são consistentes com um balanço apertado no ano que vem”. Segundo o banco, em relatório mensal, o café acumula alta de cerca de 28% desde o início do ano, por causa da menor oferta. “A queda da oferta foi causada tanto por choques climáticos quanto por redução de investimento com margens de lucro desfavoráveis”, diz o banco.

Os futuros de arábica em Nova York fecharam em leve queda ontem. Março/17 caiu 90 pontos, a 156,40 cents.

A consultoria Pharos, gestora de risco em commodities, informa que, com o dólar estável na casa de R$ 3,40, a remuneração ao produtor nesta boa safra é bastante satisfatória. Exportadores tentam comprar cafés a diferenciais mais largos, mas o efeito de manada desses participantes procurando café no mercado físico mantém os diferenciais relativamente firmes.

Já os preços físicos do conilon (robusta) está firme, sem grande volatilidade. “A indústria nacional é a melhor compradora, e praticamente a única, mantendo as compras com o arábica de baixa qualidade como balizador”, diz a Pharos.

Fonte : Agência Estado

0 comentário(s)

Escreva um comentário:

Nome:
E-mail:
Site: (opcional)
Comentário:

Outros artigosIr para página inicial

The Best Possible Essay Creating Specialist

The Best Possible Essay Creating Specialist(0)

You might not know, but there are at least hundreds of kinds of essays that you may purchase for your model. Being familiar with what to look for is significant to taking advantage of the prosperous small business working relationships that wait for intelligent prospective buyers and committed services. You intend to acquire a little,

Best Professional Custom Essay Writer Secrets

Best Professional Custom Essay Writer Secrets(0)

New Step by Step Roadmap for Best Professional Custom Essay Writer An expert can guarantee that you get value for the money. How fast you require the business done can seriously impact your overall price tag. The moment you’ve placed your purchase, you can settle back and relax. You’ve got to lean on a trusted,

Café : Adido USDA aponta safra da Colômbia estável em 14,3 mi scs em 2019/20 – 21/05/2019

Café : Adido USDA aponta safra da Colômbia estável em 14,3 mi scs em 2019/20 – 21/05/2019(0)

Porto Alegre, 21 de maio de 2019 – A produção de café na Colômbia deverá atingir em 2019/20 (temporada de outubro a setembro) um total de 14,3 milhões de sacas, estável em relação à safra de 2018/19. A estimativa parte do adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) na Colômbia. Segundo o adido,

Café : Clima : Frente fria avança e há possibilidade de geada na região de Guaxupé até o fim de semana – 21/05/2019

Café : Clima : Frente fria avança e há possibilidade de geada na região de Guaxupé até o fim de semana – 21/05/2019(0)

Em Guaxupé, a mínima deve ser de 7°C na madrugada do próximo sábado (25). Em Muzambinho há risco de geada. Uma nova massa de ar frio, de forte intensidade, chega ao Brasil no decorrer desta semana e deve derrubar as temperaturas no centro-sul do país. O frio vem mais intenso e é possível que aconteça

Café : Artigo : Real fraco assusta os operadores de café , por Rodrigo Costa – 20/05/2019

Café : Artigo : Real fraco assusta os operadores de café , por Rodrigo Costa – 20/05/2019(0)

As bolsas de ações europeias respiraram, as dos Estados Unidos e da Ásia encerraram a semana com baixa e o IBOVESPA derreteu 4.52%. A capacidade de Jair Bolsonaro se meter em confusões com declarações que não lhe ajudam a aglutinar o imprescindível apoio para aprovar reformas essenciais ao Brasil impressiona e levanta preocupações sobre as



Cotações - Café, Dólar, Índices


  Café NY
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2019
92.70
-0.20
92.90
Setembro/2019
95.00
-0.15
95.15
Dezembro/2019
98.40
-0.35
98.65
 
  Café BMF
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2019
-
-
105.00
Setembro/2019
113.00
+0.40
112.60
Dezembro/2019
116.70
+0.70
116.00
 
  Café Londres Robusta
Ativo
Último
Var.
Fech.
Julho/2019
1364
-3
1364
Setembro/2019
1386
-2
1385
Novembro/2019
1407
-1
1408
 
  Dólar
Ativo
Último
Var.
Fech.
Comercial
4.0180
-0.0310
4.0490
Paralelo
4.2100
-0.0300
4.2400
Turismo
4.2000
-0.0300
4.2300
PTAX800
4.08040
+0.00000
4.08040
PTAX850
4.08100
+0.00000
4.08100
 
  Dólar Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Junho/2019
4019.500
-24.000
4043.500
Julho/2019
4026.000
-35.000
4061.000
Agosto/2019
-
-
4075.443
 
  Índice Bovespa Futuro
Ativo
Último
Var.
Fech.
Junho/2019
95000
+25
94975
 
essay writing paper speech essay thesis writing help multiple choice questions and answers academic report writing best assignment writing service uk reviews write my paper for cheap top rated resume writing services analytical essay introduction essay writing help


Início

Copyright © 2000 - 2014 - Café da Terra. Todos os direitos reservados.